contato@viagens-em-marrocos.com +212 648 680 907

Dicas de viagens para Marrocos

Conhecer um país de cultura e costumes completamente diferentes dos que estamos habituados é muito excitante. No entanto, algumas dicas são sempre bem-vindas para que sua experiência seja ainda mais agradável e com menos preocupações, já que pouco sabemos sobre os aspectos práticos do local. Vamos falar, então, neste artigo sobre dicas bastante úteis para quem pretende viajar para Marrocos.

Primeira e fundamental questão é saber como entrar no país. A boa notícia é que para brasileiros que queiram visitar o Marrocos por até 90 dias, não é necessário tirar qualquer tipo de visto ou tomar alguma vacina.
A moeda utilizada pelos marroquinos chama-se dirham, com o símbolo MAD. Em 13/05/2017, por exemplo, 1 BRL (real) está equivalendo a 3,1708 MAD (dirhams).

Sobre os transportes que provavelmente você precise usar, existem os Grand táxis compartilhados que rodam sem taxímetro, portanto, recomenda-se sempre negociar um valor total antes de iniciar a corrida. Esta é uma das formas mais econômicas de transitar pelo Marrocos. Outra dica é com relação aos ônibus intermunicipais que, cobram além da passagem, sua bagagem. E os critérios para o preço dela pode variar por peso, quantidade ou dimensões, sendo assim, procure saber sobre tais detalhes com o responsável pelo transporte antes mesmo de comprar passagem.

Faça uma pesquisa sobre a data do Ramadã na época em que pretende viajar e evite ir neste período. Ramadã é o nono mês islâmico em que os mulçumanos pedem perdão e orientação divina, e para isso, fazem jejum, não fumam e não fazem sexo. Se mesmo assim, você só puder viajar nessa data, certifique-se de que os locais que você irá visitar estejam abertos, já que o horário comercial é mais curto nesse período e seja o mais empático possível.

Para entrar nas mesquitas é necessário tirar os sapatos e usar roupas adequadas, ou seja, que cubram os ombros, o colo, barriga, costas e pernas. Algumas mesquitas menos turísticas permitem somente a entrada de mulçumanos. Informe-se e opte pelas turísticas como a grande mesquita de Hassan II em Casablanca e a Bou Inania em Fez.

Fique de olho em possíveis golpes que te levam a pagar altos preços para um destino indesejado. A dica aqui é negociar um transfer com o seu hotel, assim terá taxas justas e segurança na contratação do serviço.
Por fim, escolha um bom guia turístico de confiança, que seja licenciado e certificado para exercer a profissão e aproveite muito a viagem!

levelx

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *